Outro post internacional…


Privet, chitatel!


Ah, todos sabemos da URSS, KGB etc. Mas e a Rússia? O maior país em extensão do mundo? Mãe da Vodka? Só isso? E o povo? Música? Cinema? Cultura?

O povo não tem identidade, a idéia democrática é muito nova para qualquer um. Foram 70 anos de uma cortina de aço que tirou qualquer pensamento não-comunista. Agora, eles finalmente atingiram a liberdade.
Eles ainda estão muito “travados”, aos poucos irão se libertar e passarão a ter uma autonomia maior, para tudo.

Talvez por causa da sua extensão, a Rússia é muito fechada (a sua língua também não ajuda, a nível pessoal).
Isso sem falar em toda a história contra os EUA, por causa da guerra fria.

Por causa de 70 anos, a política e o povo russo ficaram infestados por muito tempo. Pense só: em 18 anos, eles só tiveram 3 presidentes. (ordem cronológica)

  • Boris Yeltsin, figuraça comunista, trabalhou para a “mãe-Rússia” por 29 anos, e ainda foi eleito nas duas primeiras eleições (1991 e 1996), liderou ambas guerras da Chechênia.
  • Vladimir Putin, ex-chefe da KGB, conhecido dos jornais e, ainda mais, pelo (fracassado) pustch que planejava levar, em 1991, a força comunista voltar ao poder. Também foi reeleito.
  • Dmitry Medvedev, atual presidente (eleito em 2008), que deu a Putin a vice-presidência e, mesmo assim, foi eleito com veemência pelo povo. É o único que não trabalhou no partido comunista, foi advgado por um booom tempo. Interessante é que ele sempre curtiu Deep Purple e Black Sabbath.

Realmente, como podemos ver, a cortina de ferro está se abrindo. É só ver a atual política externa, de 5 “bases”:

  1. Os princípios da Lei internacional são supremos.
  2. O mundo é multipolar (descentralizado – pense nos EUA)
  3. A Rússia não vai buscar guerras com outras nações.
  4. A Rússia vai proteger seus cidadões, em qualquer lugar.
  5. A Rússia vai formar uniões com nações amigas.

Maaas… vocês provavelmente já estão dormindo a esta hora. Vou mudar de assunto.

Devemos sempre lembrar que parte da Rússia fica na Europa, o que caracteriza as coisas. Por exemplo, para nós, o cinema deles é normalmente chato e parado. Mas sim, existe uma pérola: Bumer.

É um filme sobre quatro ladrões (um deles lembra o John Pesci), máfia (vale lembrar: russa) carros de primeira; tudo que é necessário pra um ótimo filme. E, ainda por cima, tem uma excelente trilha sonora! Contém músicas da maravilhosa banda Leningrad e do rapper Seryoga. Vejam esse filme, tem torrents na internet pra baixar ele e, se você procurar, vai até achar legendas em PT-BR.
Vale ressaltar que “Bumer” é o russo de “BMW”.

O que me dá uma deixa para a música russa. Não busque algo muito solto, sempre lembre de que eles acabaram de sair de um longo período de restrições. Ainda assim, há músicas de altíssima qualidade – minhas favoritas vão ser listadas a seguir.

1. Anastasia Prikhodko (fazendo cover do Kino): Gruppa Krovi

2. Basta: Mama

3. Glukoza: Schweine

4. Leningrad: Nikogo Le Zhalko

5. Marakesh: Zhdat


Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: